Câmara aprova criação de "Farmácia Solidária"

por Imprensa publicado 29/10/2018 21h15, última modificação 29/10/2018 21h22
Projeto beneficia idosos e pessoas de baixa renda com medicamentos doados

A Câmara de Vereadores de Tijucas aprovou na última quinta-feira (25) um projeto de lei que institui a chamada “Farmácia Solidária” (PL 37/2018), programa que autoriza as Unidades Básicas de Saúde a receber sobras de medicamentos não vencidos para posterior distribuição gratuita à população de baixa renda e idosos.

Para ter acesso aos medicamentes, os beneficiários deverão ter cadastro junto à Unidade Básica de Saúde do seu bairro, sendo que a entrega dos remédios será condicionada à supervisão médica. A partir de agora, compete ao Poder Executivo regulamentar a Lei para sua posterior aplicação.

Autor do projeto, o vereador Odirlei Resini (MDB) afirma que a proposta tem a finalidade de estimular o espírito de generosidade entre as pessoas, diminuindo o desperdício. “Sabemos que o desperdício é uma das marcas da sociedade moderna, a população não possui o hábito de redistribuir sobras de medicamentos, podendo levar ao vencimento e à inutilidade dos medicamentos”, destacou o parlamentar.