Câmara sugere implantação de programa para zerar filas da saúde

por Imprensa publicado 31/05/2021 16h05, última modificação 01/06/2021 09h27
Vereadores procuraram soluções em outros municípios para resolver o problema

Baseados em uma ação adotada pelo Município de Brusque, os vereadores Maurício Poli (PSB) e Écio Hélio de Melo (PP) sugeriram ao Prefeito que analise a possibilidade de implantar em Tijucas o programa “Fila Zero”. O objetivo é atender a demanda reprimida de cirurgias, consultas e exames, com a meta de zerar as filas na área da saúde.

Depois de conhecerem detalhes do projeto, os vereadores transformaram a ideia em uma indicação legislativa (Indicação nº 266/2021). A proposta foi votada e aprovada no dia 24 de maio e encaminhada para análise do Prefeito. Em Brusque, o programa funciona por meio de parceria público privada (PPP) entre Município, hospitais e clínicas particulares1.

Segundo os parlamentares, a fila de espera por cirurgias vem aumentando em razão do atendimento prioritário aos casos de coronavírus. “Há uma fila enorme para cirurgias de qualquer natureza. Precisamos criar ferramentas para voltar a atender esse povo. Existem algumas ideias boas rodando em outras Prefeituras – como Brusque e Itapema – e nós [vereadores] precisamos ajudar a Prefeitura a criar essas ferramentas. Esse é um programa que precisamos pensar como vai ser feito, mas tem que ser já. Temos que agir”, sugeriu o vereador Maurício Poli (PSB), um dos autores da indicação.

Por Rafael Spricigo
Jornalista da Câmara Municipal de Tijucas