Sessões da Câmara de Tijucas voltam a acontecer presencialmente em junho

por Imprensa publicado 01/06/2020 10h06, última modificação 01/06/2020 10h06
Acesso às reuniões será limitado a vereadores e servidores responsáveis pela organização

A partir de junho, todas as sessões da Câmara Municipal de Tijucas voltam a ser realizadas de forma presencial, mas com restrições. De acordo com a Portaria 55/2020/CMT, as reuniões serão destinadas apenas à discussão e votação de projetos de lei, com limite de duas horas e trinta minutos de duração. O acesso ao plenário também será limitado aos vereadores e aos servidores responsáveis pela organização do evento. 

Antes de acessar as dependências do Poder Legislativo, vereadores e servidores terão sua temperatura medida, e só serão liberados caso não apresentem sinais de febre. Durante as sessões, todos os participantes deverão usar máscara, manter distância mínima de 1,5 metro um dos outros e usar luvas. Para evitar contaminações, os microfones utilizados durante a reunião serão higienizados com álcool gel antes e depois de cada fala.

Para garantir a segurança e a atuação de todos os parlamentares nas sessões, os vereadores que se enquadrem no grupo de risco do COVID-19, ou apresentarem sintomas do contágio, poderão participar remotamente da discussão e das votações. A convocação das reuniões continua sendo feita pelo Presidente da Câmara com antecedência mínima de 24 horas, mantendo-se também o dia das reuniões, nas segundas ou quintas-feiras.