Setembro Amarelo é o mês de prevenção ao suicídio

por Imprensa publicado 15/09/2020 10h35, última modificação 15/09/2020 10h35
Projeto aprovado pela Câmara de Vereadores instituiu o 10 de setembro como Dia Municipal de prevenção ao suicídio

A Câmara de Vereadores aprovou no ano passado o Projeto de Lei nº 90/2019, que institui no Município de Tijucas o mês "Setembro Amarelo", dedicado à promoção de campanhas de combate ao suicídio. De acordo com a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS/OMS), cerca de 800 mil pessoas perdem a vida por suicídio todos os anos, sendo essa a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Estima-se que cerca de 20% das mortes globais aconteçam por auto-envenenamento com pesticidas.

Segundo estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa global de suicídio padronizada por idade para 2016 foi de 10,5 por cada 100 mil pessoas. No Brasil, no mesmo ano, a taxa foi de 6,1 suicídios a cada 100 mil habitantes. Apesar de apresentar um índice mais baixo que a média mundial, a taxa não deve ser motivo para despreocupação, uma vez que 79% de todos os suicídios no mundo ocorrem em países de baixa e média renda.

Trata-se de um problema de saúde pública - muitas vezes subestimado - que pode ser evitado em momento oportuno. Infelizmente, devido ao estigma ligado ao tema, muitas pessoas que estão pensando em tirar suas próprias vidas ou que já tentaram suicídio não procurem ajuda e, por isso, não recebam o auxílio que necessitam.

Se você precisar, peça ajuda!

As pessoas que precisarem de ajuda podem ligar para o Centro de Valorização à Vida de Tijucas (conhecido como NAVIT). O Centro realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar. Em Tijucas, 27 voluntários atendem pelo telefone 188, garantindo total sigilo às ligações