Vereador pede aumento da quantidade de sessões na Câmara de Tijucas

por Imprensa publicado 25/02/2021 12h55, última modificação 25/02/2021 12h59
Parlamentar também sugeriu mudança no horário de início, passando das 20h para às 19h

O vereador Cláudio Eduardo de Souza, o Cláudio do Jornal (PDT), protocolou, na manhã desta quinta-feira (25), um ofício destinado à Mesa Diretora da Câmara Municipal de Tijucas solicitando que as sessões do Legislativo passem a ocorrer todas as segundas e quintas-feiras do mês. Atualmente, de acordo com o Regimento Interno, o número de encontros é limitado a seis sessões mensais.

Como justificativa, o parlamentar defende que a Câmara precisa apresentar melhores resultados para a população, que cobra uma atuação mais relevante dos parlamentares. Ele também alega que há necessidade de ampliar o número de sessões porque muitas delas, atualmente, são ocupadas exclusivamente para homenagens prestadas pelo Legislativo, como a do Mérito Esportivo, realizada nesta quinta-feira (25), e a dedicada ao Dia da Mulher, no mês de março.

Além de mais sessões, o parlamentar também sugere a alteração do seu horário de início, das 20h para as 19h, com a intenção de ampliar a participação popular nos debates. Segundo o entendimento do vereador, com o atual horário, as sessões se estendem até tarde e a população acaba não podendo estar presente no plenário ou acompanhando as transmissões pelo rádio e redes sociais. “Se é a Casa do Povo, temos que pensar em possibilitar cada vez mais a participação das pessoas e quanto mais tarde as sessões acontecem, menor tende a ser o engajamento, porque todos têm seus compromissos no outro dia”, ressalta Cláudio.

Para alterar os dias e o horário das sessões é necessário modificar o Regimento Interno da Câmara de Vereadores, o que só é possível por meio de projeto de resolução de iniciativa da Mesa Diretora, de Comissão Permanente – como a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – ou de Comissão Especial criada especialmente para esse fim. Por conta disso, a solicitação do vereador segue agora para análise da Mesa Diretora da Câmara.

Texto: Gabinete do Vereador Cláudio Eduardo Souza.